Quem lê indica | O livro invisível

Na  minha opinião, este livro é muito fascinante, pois reforça o pensamento de nunca julgar um livro pela capa, uma vez que o narrador conta a história de um menino que não gostava de ler, pois para César os livros eram os culpados pela sua  mudança constante de cidade em cidade todos os anos por seu pai ser escritor, e achar que para ter imaginação e criatividade precisava estar cada hora em um lugar diferente. Até que César conheceu Lúcia e a partir daí, muda totalmente o modo de pensar dele em relação aos livros.

Lúcia o ensina a gostar de ler, e o melhor, é que ele aprende com um dos livros que o pai dele estava escrevendo. Para ler este livro, os dois passaram por diversas aventuras juntos. A leitura também o ajuda na escola com alguns agravantes. Graças a Lúcia, ele não falta às aulas, pois se não fosse ela, já teria parado de ir à escola, por causa de alguns alunos. Isso acaba quando César os enfrenta.

Por: Guilherme Augusto

0 respostas

Deixe uma resposta!

Participe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *