ALUNOS DO IPEM PASSAM PARA SEGUNDA FASE DA OLIMPÍADA DE HISTÓRIA DO BRASIL DA UNICAMP

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No IPEM as Olimpíadas já estão a todo vapor! E começaram bem! Todas as equipes de alunos do ensino médio do Instituto Padre Machado que se inscreveram para a Olimpíada Nacional de História do Brasil, passaram para a segunda fase da competição. Organizados e orientados pelo professor de história Joab Costa Cruz, os alunos formaram quatro equipes: Três equipes do terceiro ano e uma do segundo ano. Cada time é formado por três alunos cada e um professor de história orientador. São eles:

Equipe JTD 301 : Anna Carolina Correia, Letícia Pivoto e Gustavo Leal

Equipe Mineirinhos: Ana Clara Brasil, João Victor Montibeller e João Franck

Equipe Alterosas: Maria Lúcia Camargo, Davi Peixoto e Thales Santos

Equipe Deuses de Asgard: Thomas Eric Belfort, Bruna Alvarenga e Matheus Valle

As quatro equipes de alunos do IPEM concorreram com outros 10600 times formados por alunos e professores de História de escolas públicas e particulares de todos os estados brasileiros.

Só para se ter uma idéia, apenas em Minas Gerais, foram inscritas mais de mil e quinhentas equipes. O estado é o terceiro em número de inscritos perdendo apenas para São Paulo com mais de duas mil e quinhentos times participantes  e o estado do Ceará, com cerca de mil e oitocentas equipes formadas.

A Olimpíada Nacional de História do Brasil começou em 2009 e já está em sua oitava edição. A competição é organizada pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), tendo como coordenadoras a dra. Cristina Meneguello e a professora Alessandra Pedro.

O formato, que tem se mantido o mesmo desde a primeira edição, conta com cinco fases on line na qual os alunos tem de responder a dez questões elaboradas pela equipe de professores da Unicamp. Cada fase dura uma semana e a resposta pode ser obtida por meio de livros, internet e debate entre os próprios alunos. A sexta fase é a  final, que reúne um mínimo de 800 alunos é presencial e será realizada dia 20 de agosto na UNICAMP, em Campinas. Lá, os alunos classificados farão uma prova dissertativa e aguardarão o resultado e a entrega das medalhas. Nesta ocasião, os alunos também vão poder participar de uma confraternização com outros estudantes e professores de todo o Brasil.

A aluna Bruna Alvarenga se surpreendeu com o grau de dificuldade das questões logo no início da competição. “Achei bem difícil e não imaginava que iria ser assim. Eu e a equipe ficamos bem felizes com o resultado. Mas não ganhamos nada ainda e, por , já estamos focados e trabalhando na segunda fase da Olimpíada”, concluiu a aluna.

Para o professor e orientador das equipes de alunos do IPEM que participam da ONHB, Joab Costa Cruz, a competição traz muitos benefícios para quem dela participa. “O desafio de responder a questões bem elaboradas sobre História do Brasil por meio de textos, imagens, documentos e mapas certamente aguça o instinto investigativo do aluno, o raciocínio e promove um reflexão voltada para o senso crítico”, observa o professor.

A segunda fase da Oitava Olimpíada  Nacional de História do Brasil já começou e terminará essa sexta-feira (20).

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *