Escola mineira ensina empreendedorismo com jogo virtual

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

logo-site2

EDUCAÇÃO
Nathália Guedes

junho25/ 2015

Aos poucos a grade escolar dos colégios está sendo adaptada a nova realidade do mercado de trabalho. Pensando nestas constantes mudanças, o Instituto Padre Machado de Belo Horizonte, decidiu incorporar a disciplina Empreendedorismo no currículo dos alunos do 9º, 1º e 2º ano. “A ideia é entender o mundo corporativo e propiciar vivências e experiências próprias do ambiente dos negócios sem sair da escola”, explica a professora da disciplina no colégio, Júlia Campi.

Com o objetivo de facilitar a compreensão e trazer dinamismo às aulas, a professora Júlia e o professor Leonardo Campos desenvolveram juntos, um modelo diferente e inovador de ensinar. Segundo a professora, foi proposto um desafio no formato de jogo virtual que simula o ambiente interno e externo de uma empresa, onde os alunos, organizados em equipes, devem tomar decisões financeiras, de produção, distribuição, marketing e RH. “Desta forma, os alunos podem entender como funciona a gestão integrada de uma empresa e como decisões em um setor podem impactar toda a organização”, explica.

O jogo simula a gestão de dois cenários distintos, de uma fábrica de caixas térmicas e de uma fábrica de skates. Em ambas as situações, os alunos precisam dar preço, analisar fluxo de caixa, empréstimos e aplicações, admissões, demissões, férias, horas extras, investimento em propaganda, market share, estoque, compra de insumos e produção.

“A dinâmica do jogo é traçada por um Jornal sobre o mercado e tendências, que é divulgado para as empresas em quatro rodadas. Com base nas informações contidas no Jornal e na interpretação de cada equipe, os alunos devem tomar decisões em sala de aula”, explica Campos, professor e também coordenador do projeto.

De acordo com o professor é mais interessante e fácil aprender jogando. “Jogando, os estudantes podem, de forma dinâmica e divertida, aprender sobre o tema, exercitar competências empreendedoras e desenvolver habilidades como a de trabalhar em equipe”, explica. Júlia tenta mostrar aos alunos que o ato de empreender vai além do fato de ter um negócio, para ela, basta ter uma visão empreendedora para incorporá-la em qualquer profissão. “Acredito que desta maneira eles serão os protagonistas de suas escolhas na vida”, finaliza.

O projeto é uma parceria com a empresa de consultoria Smart Inteligência Empresarial.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
0 respostas

Deixe uma resposta!

Participe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *