11 de junho, dia de Corpus Christi

“Este Pão do Céu requer-se que se tenha fome. Ele quer ser desejado”
São Gregório Nazianzeno

Estamos acostumados com as belíssimas procissões na Solenidade de Corpus Christi, bem como a celebração da Santa Missa, momento forte de adoração e partilha, além é claro, do vislumbre dos tapetes produzidos pelo povo de Deus. Este é um dia de Guarda (festa em que os católicos não abrem mão de celebrar, por ser mandamento). No entanto, as circunstâncias atuais não permitem aos filhos de Deus a reunião em torno do altar.

Façamos o possível para fazer de nossas casas um santuário doméstico para adoração ao Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus Cristo, deixando que ele adentre em nossos lares santificando nossas famílias e nos livrando de todo mal.

0 respostas

Deixe uma resposta!

Participe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *